espaço de arquitectura . portal de arquitectura portuguesa - projectos de arquitetos - materiais - publicações - bolsa de emprego - directorio de empresas e arquitetos. Página dedicada a todos os arquitectos, onde se pode efectuar pesquisa de concursos de arquitectura, bolsa de emprego, publicações, directorio de empresas, novos materiais, congressos e feiras e links de associações e entidades da area. architecture competitions

Gustavo da Gama

Centro de Saúde

V.N.Famalicão . Portugal .  2006 

 

contacto

 

A ideia base do meu trabalho, centra-se no doente como elemento chave duma unidade de saúde pois ele é a razão da existência deste tipo de equipamento.

 

A meu ver o doente é um ser humano e não "algo" que se coloca num equipamento de saúde para ser "reparado". É um ser num estado debilitado e que requer cuidados de acordo com a sua natureza.

 

Geralmente estes cuidados não acontecem, quer por sobrelotação, por más condições de trabalho ou falta de preparação do pessoal medico.

 

Creio que o "doente" é a peça fulcral e central de qualquer equipamento de saúde, é a partir dele, do doente como unidade central que parti para a concepção deste projecto.

 

O projecto articula-se em torno deste conceito, pretende-se um centro de saúde arejado, amplo , funcional, que fuja da ideia tradicional que temos de um sitio com este , repleto de odores provenientes dos diversos fármacos e devidos tratamentos, que nos afaste da ideia de que um centro de saúde é um sítio triste e desprovido de respeito por quem precisa dos devidos cuidados de saúde.

 

Este equipamento apesar de envolver partes constituídas por secções de carácter tecnológico , terá ser lido como um todo em que os diversos corpos co-existem de maneira funcional e harmoniosa.

 

Os blocos serão unidos quer por acessos mais técnicos quer por acessos públicos e lúdicos.

 

Os quartos serão constituídos por blocos que , que sendo salientes e representando a unida, ao mesmo tempo fazem parte de um todo. Os restantes anexos como salas de operações, salas de diagnóstico, refeitório, enfermeraria, instalações sanitáriase outros, estão agrupados em corpos dispostos devidamente, conforme a sua função e o seu papel no sistema de saúde.

 

Em relação aos acessos , são constituídos maioritariamente por rampas, para que pessoas incapacitadas tenham um acesso facilitado ao centro de saúde. A rampa de acesso ao parque automóvel faz-se pela frente do equipamento, onde existe um espelho de água , que ocupa grande parte da proposta .Para que fosse possível este acesso, foi colocada uma calha circundante ao acesso, que não permite que entre água em redor da respectiva entrada, havendo uma drenagem da mesma. O automóvel circula sobre a água, onde desce a rampa , dando a ideia de desaparecer a meio do espelho.

 

ARQUITECTURA

Gustavo da Gama

 

Projecto Académico 3º Ano, Universidade Lusíada de V.N.Famalicão 2006

 

 @.

arzich@hotmail.com